Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda- SINDFAZENDA, participou, neste sábado (23) e domingo (24) , da 1ª Plenária da Campanha Nacional por Direitos Sociais, organizado pela Auditoria Cidadã da Dívida, no Teatro do Sindicato dos Bancários-  Asa Sul, em  Brasília.


O fato de sido no final de semana não foi impeditivo para que as representantes do sindicato, na ocasião, a secretária-geral, Neire Luiz s a diretora parlamentar, Irismar Miranda, participassem do evento para trazer conhecimento para o sindicato, pois a plenária teve um rico conteúdo em informações em seus dois dias, com palestrantes renomados, uma oportunidade para se envolver e contribuir com ideias e ações que promovam a justiça social e a igualdade para todos os brasileiros.


 
A Campanha Nacional por Direitos Sociais, uma iniciativa construída por diversas entidades, centrais sindicais e movimentos sociais, objetivou a união em prol dos direitos sociais, assim como articular e fortalecer todas as lutas sociais em curso, buscando enfrentar as severas restrições impostas pelo "arcabouço fiscal" aos investimentos sociais.



Enquanto os direitos sociais têm cada vez menos recursos, o sistema da dívida pública, que beneficia menos de 1% de população, consome quase metade dos recursos públicos federais, anualmente.


Durante a plenária, palestrantes compartilharam suas visões e experiências sobre diversos temas relacionados aos direitos sociais e às lutas sociais em nosso país.
Além disso, foram abordadas diversas questões cruciais, como a luta dos povos indígenas, dos estudantes, das mulheres, além de temas como previdência social, serviço público, direito à terra, saúde pública, moradia, educação de qualidade, desenvolvimento, desenvolvimento sustentável, emprego e trabalho digno, entre outros.


No sábado pela manhã foram montadas duas mesas, a primeira abordou o tema "Retrato do Brasil". O professor Ladislau Dowbor falou sobre a função social da Economia e a necessidade de articular as diversas lutas sociais. Já a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli , explanou sobre  a necessidade de enfrentamento do Sistema da Dívida para a garantia dos Direitos Sociais e o
deputado distrital Fábio Felix falou sobre a atuação parlamentar em defesa dos direitos sociais no Brasil


Já o tema da segunda mesa " As Lutas do Povo Bradileiro", teve como palestrante a professora Raquel Dias que explanou a luta pela educação pública de qualidade e valorização de docentes. O Dr. Carlos Moura  falou sobre a luta pelos direitos da população negra e contra o racismo. E Wilma dos Reis acordou a luta  das mulheres em nosso país Para  Prof. Roberto Piscitelli - Luta pela limitação dos juros extorsivos a no máximo 12% ao ano.


Na continuação do evento, à tarde, após pausa para o almoço, foi abordado o tema:" As Lutas do Povo Brasileiro", com explanação de Aldiério Florêncio Pereira  sobre a Luta por empregos e salários dignos, Laura Villela Teixeira Gisler sobre a luta dos estudantes no Brasil, Fabiano dos Santos que falou da luta por investimentos nos serviços públicos e valorização dos servidores públicos; Mary Anne Xukuru que abordou a luta dos povos indígenas;  Tiago Bitencourt Vergara que dissertou sobre a luta pela soberania energética, que afeta a vida de todo o povo brasileiro, e pela reestatização da Eletrobras; Thais Oliveira, que falou sobre a Luta pelo direito à saúde pública em nosso país; Cleberson Zavaski falou sobre a luta pelo direito ao desenvolvimento sustentável; Milena Martins  abordou a luta por moradia; Guilherme Costa Delgado explanou sobre a luta pelos direitos à terra; Viviane Perez , a luta Previdência Social;
José Augusto Lyra , a luta pelo resgate dos direitos trabalhistas e previdenciários; 
 Maíra Fernandes - Projeto 100 Mil Jovens pela Água;Gilberto Pereira - Luta pela previdência social pública e universal; Edileide Rocha - Luta pela reforma agrária e pela produção sustentável de alimentos; Luiz Carlos Brito – Luta da Agricultura familiar e cumprimento da função social da terra; Gisella Colares - A luta por uma articulação social que enfrente o Sistema da Dívida; E, para finalizar, Rodrigo Ávila com a luta por direitos sociais X o privilégio do Sistema da Dívida.


 A plenária final, na manhã de domingo, houve um diálogo com toda a plenária sobre:


- Definição dos eixos da Campanha;
- Agenda da campanha;
- Coordenação nacional da Campanha, que substituirá a coordenação provisória.


  Após dois dias de intensos debates, o evento finalizou na tarde do dia 24.


"Com a união de todos, acreditamos que podemos ampliar nossas chances de proteger e garantir os direitos sociais fundamentais assegurados pela constituição" ( Maria Lúcia Fattorelli) 


Imprensa/ SINDFAZENDA